Categoria: Bolsa Família

Confira o que mudou no Programa Renda Brasil o “novo” Bolsa Família

O que é o Programa Renda Brasil?

O Governo Federal estuda substituir o Programa Bolsa Família e o Auxílio Emergencial lançanxxxdo o Programa Renda Brasil. O programa pode ser considerado como o “novo” Bolsa Família. Além disso o objetivo é englobar outros programas do governo, como o FAT (Fundo de Amparo ao Trabalhador) e o Seguro Defeso.

O Programa Renda Brasil deve ser destinado a brasileiros com renda menor que um salário mínimo e vai unificar diversos benefícios e utilizará os dados do Auxílio Emergencial para que consiga alcançar novos beneficiários.

Como vai funcionar o Renda Brasil?

O Renda Brasil, programa recentemente divulgado pelo governo, visa substituir o então programa social Bolsa Família. O Programa Renda Brasil vai unificar diversos benefícios e utilizará os dados do Auxílio Emergencial para que consiga alcançar novos beneficiários.

Essa “carteira única” deve pagar até R$ 300 reais ao grupo, que poderá atuar no mercado de trabalho. O programa deve funcionar de forma semelhante ao Bolsa Família e resultará no fim de outros programas, como o salário família e o abono salarial.

Como se cadastrar no Programa Renda Brasil?

Até o momento não foi divulgado regras específicas para o Programa Renda Brasil, mas já foi estabelecido que para receber o benefício é necessário estar cadastrado no  Cadastro Único (CadÚnico) e no programa Bolsa Família.

Através do CadÚnico é possível identificar quais famílias brasileiras necessitam de ajuda, conhecendo assim a realidade de cada família e conseguindo ofertar os principais programas sociais do governo. O cadastro contém as principais informações de cada membro da família, como escolaridade, trabalho, renda e características da residência.… Clique aqui para ler o post completo

Como fazer o recadastramento do Bolsa Família

Confira todas as regras saiba como fazer o recadastramento Bolsa Família

O Bolsa Família está em vigor desde o ano de 2007 e atende a vários brasileiros que têm a sua sobrevivência comprometida por causa da baixa renda.

Há três órgãos públicos que trabalham em sintonia para que o Bolsa Família possa ser aproveitado pela população: um deles é o Ministério do Desenvolvimento Social sendo a instituição que avalia o fornecimento dos auxílios e que serve para que esses assistidos também tenham acompanhamento escolar e médico.

A outra instituição pública indispensável para que o Bolsa Família continue funcionando é o Centro de Referência em Assistência Social (CRAS).

Esse é o local que os cidadãos devem buscar quando precisam pedir esse benefício; é o CRAS que recebe todos os documentos, inclusive os recadastramentos, e envia tudo ao Ministério do Desenvolvimento Social.

Por fim, a Caixa Econômica Federal é o terceiro elo. Esse banco tem a responsabilidade de passar os benefícios aos cidadãos assistidos. Além das agências da Caixa, toda a sua estrutura faz os pagamentos, tais como as lotéricas.


Benefícios Bolsa Família

Os benefícios do Bolsa Família são maiores para quem registra ter crianças na casa, além de mulheres amamentando, mulheres grávidas e jovens.

Esse benefício maior é chamado de “variável” e uma família que o recebe por causa de uma criança tende a continuar recebendo até que ela faça 17 anos.

Quem recebe o benefício sem qualquer variável recebe R$ 85,00. De acordo com todos os valores variáveis que podem ser pagos, cada família poder chegar a receber mais de R$ 300,00.… Clique aqui para ler o post completo