Quem tem direito a receber o Bolsa Família?

Embora tenho sido lançado lançado há mais de uma década, o Bolsa Família ainda gera muitas dúvidas na população brasileira. Muita gente não sabe que tem o direito de receber os benefícios disponibilizados pelo programa. Se você também quer descobrir se pode se cadastrar no plano de complemento de renda do governo, confira as nossas dicas e tire todas as suas dúvidas.

Quem pode receber o Bolsa Família

bolsa-familia-quem-tem-direito

As famílias em condição de pobreza ou de extrema pobreza podem receber os benefícios do programa Bolsa Família.

  • Famílias na linha de extrema pobreza

São as famílias que têm renda mensal de até R$ 85 por pessoa.

  • Famílias na linha de pobreza

São as famílias que têm renda mensal entre R$ 85,01 e R$ 170 por pessoa.

Como calcular a renda

O cálculo da renda da família é feito da seguinte forma: você deve somar a renda de todos os familiares e dividir pelo número de membros. Vamos usar como exemplo uma família que tenha a mãe, o pai, um adolescente e duas crianças. A mãe realiza alguns trabalhos durante o mês e consegue um salário de 500 reais.

Distribuindo essa quantia entre os 5 representantes da família, daria uma renda de 100 reais por pessoa. Sendo assim, a família se enquadra na linha de pobreza e pode fazer o cadastro no Bolsa Família.

Qual é o valor do Bolsa Família?

O valor do Bolsa Família varia de acordo com o perfil e a composição dos membros da família. Confira:

beneficio-basico-bolsa-familia

  • Benefício básico: R$ 85

Quem pode receber: famílias extremamente pobres, independente do número de pessoas.

beneficio-variavel-bolsa-familia

  • Benefício variável: de R$ 39 a R$ 195

Quem pode receber: famílias pobres e extremamente pobres que tenham gestantes, mães em período de amamentação, crianças e adolescentes de 0 a 16 anos incompletos. Cada família pode receber até 5 benefícios de R$ 35, totalizando R$ 175.

variavel-bolsa-familia-0-15

  • Benefício variável de 0 a 15 anos: R$ 39

Quem pode receber: famílias com crianças e adolescentes de 0 a 15 anos de idade.

variavel-bolsa-familia-gestante

  • Benefício variável à gestante: R$ 39

Quem pode receber: famílias que tenham gestante. A família pode receber até 9 parcelas mensais consecutivas de R$ 35. A gestação precisa ser identificada até o nono mês.

variavel-bolsa-familia-nutriz

  • Benefício variável nutriz: R$ 39

Quem pode receber: famílias que tenham crianças entre 0 e 6 meses. A família pode receber até 6 parcelas mensais consecutivas de R$ 35. A criança deve ser identificada até o sexto mês de vida.

beneficio-variavel--jovem-bolsa-familia

  • Benefício variável jovem: de R$ 47 a R$ 94

Quem pode receber: famílias pobres ou extremamente pobres que tenham adolescentes entre 16 e 17 anos. Cada família pode receber até dois benefícios.

extrema-pobreza-bolsa-familia

  • Benefício para superação da extrema pobreza: a partir de R$ 85

Quem pode receber: famílias pobres ou extremamente pobres. O valor é calculado pela renda por pessoa da família e também pelo benefício já recebido no Bolsa Família. Cada família pode receber um benefício.

As famílias que estejam em condição de extrema pobreza têm direito a acumular o benefício Básico, o Variável e o Variável para Jovem. Além disso, elas também podem receber 1 benefício para Superação da Extrema Pobreza.

Regras para receber o Bolsa Família

regras-bolsa-familia

Para começar a receber os benefícios, a família deve realizar os procedimentos a seguir:

1. Fazer o cadastro da família no Cadastro Único;

2. Ter o cadastro aprovado pelo Ministério do Desenvolvimento Social de Combate à Fome (MDS);

3. Se houver uma pessoa gestante na família, ela deve ir às consultas de pré-natal marcadas pelo Ministério da Saúde;

4. Se houver mãe em período de amamentação na família, ela deve participar das atividades educativas realizadas pelo Ministério da Saúde que falam sobre aleitamento materno saudável;

5. Manter em dia o cartão de vacinação das crianças entre 0 e 7 anos;

6. Acompanhar a saúde das mulheres entre 14 e 44 anos;

7. Garantir que crianças e adolescentes de 6 a 15 anos tenham ao menos 85% de frequência escolar, e que adolescentes de 16 a 17 anos tenham ao menos 75%.

Como se cadastrar no Bolsa Família

Para se cadastrar no programa, você precisa ir até a Central do Bolsa Família na sua cidade e e procurar o gestor responsável pelos cadastros.

Você vai precisar apresentar seus documentos (RG, CPF e Titulo de Eleitor) e preencher um formulário para fazer inscrever sua família do Cadastro Único (CadÚnico).

É pelo CadÚnico que o governo analisa a condição da sua família e aprova ou recusa o pedido para participar do Bolsa Família.

Essas foram as informações sobre quem tem direito a receber o Bolsa Família. Se elas foram úteis para você, compartilhe com seus amigos no Facebook ou clique no botão “Curtir”. E se você tiver alguma dúvida, escreva a sua pergunta na seção de comentários.